Porta da Estrela
Edição de 15-07-2017
Secções

Pesquisa

Utilidades
Subscrever RSS Subscrever RSS
Arquivo
Inquéritos
Última Hora
Pesquisa Avançada
Futebol
Farmácias
Tempo
Registo
Estatuto Editorial
Ficha Técnica
Assinaturas
Links

Registo

SECÇÃO: Local

Fábrica de calçado ARA investe 1,5 milhões de euros e contrata mais 30 trabalhadores

Ministro da Economia esteva na Ara e na Lusolã
Ministro da Economia esteva na Ara e na Lusolã
Ministro da Economia visitou empresas de Seia que se têm destacado pela inovação, tanto do ponto de vista do produto como do processo.
O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, admitiu que há sectores onde já se sente falta de mão-de-obra, embora entenda que este é um problema «mais positivo» do que o elevado desemprego encontrado ao chegar ao Governo.
foto
«Há alguns sectores onde já se sente a falta de mão-de-obra e é para esses sectores que temos de canalizar a formação e ajudar quem está no desemprego a encontrar um emprego mais qualificado e, por isso mesmo, com melhores condições e remuneração. É assim que se progride e é esse o caminho que estamos a fazer», referiu.
No final de uma visita à fábrica de calçado Ara, em Seia, Manuel Caldeira Cabral frisou que o actual Governo tem «uma aposta muito forte» na qualificação e na formação. «Temos que valorizar mais a mão-de-obra e temos que trazer mais mão-de-obra para o mercado de trabalho, com melhores qualificações. Essa é uma aposta que está no Plano Nacional de Reformas e é uma aposta que estamos a seguir com toda a convicção», sustentou.
No seu entender, os números relativos ao desemprego nacional têm vindo a diminuir, ultrapassando as expectativas de praticamente todas as agências internacionais, no entanto, Portugal ainda tem «um nível de desemprego elevado». «Mas, quando o problema é de mão-de-obra, estamos a falar de problemas que são mais positivos do que o problema que tínhamos quando entrámos no Governo, que era de muito desemprego: de muita mão-de-obra sem ser ocupada e de pessoas a sair do país», apontou.
A fábrica de calçado alemã Ara Shoes está implantada em Seia há 26 anos e produz diariamente cerca de sete mil pares de sapatos de senhora. Com cerca de 420 trabalhadores, esta é uma empresa que exporta praticamente toda a sua produção, maioritariamente para a Europa Central.
Durante a visita, os representantes da Ara informaram que a fábrica de calçado está a preparar um investimento de 1,5 milhões de euros para os próximos meses, na aquisição de uma máquina para aumentar a produção. A máquina deverá chegar em Setembro e fará com que seja necessário contratar cerca de três dezenas de trabalhadores.
O ministro da economia visitou ainda a Lusolã - Fábrica de Fios Têxteis, localizada na Zona Industrial de Seia.

Acessibilidades à mesa das intervenções

Após a visita, Caldeira Cabral evidenciou a dinâmica empresarial do concelho de Seia – ao qual está ligado por raízes familiares –, a confiança do investimento privado, a criação de emprego e a capacidade exportadora. Inteirando-se dos impactos negativos relativos à questão das acessibilidades reclamadas pelo presidente da Câmara Municipal e pelos empresários locais, com quem se reuniu num almoço de trabalho, o ministro da Economia sublinhou que «é essencial continuar com o esforço que tem vindo a ser feito», relembrando que «tem de existir também uma maior valorização da mão-de-obra, com melhores qualificações».
Quem não desiste de reivindicar a construção dos itinerários complementares IC6, IC7 e IC37 é o autarca de Seia. Carlos Filipe Camelo voltou a defender «a necessidade urgente da concretização destas ligações, não só por aproximarem as distâncias entre as várias localidades, como permitirem uma melhor mobilidade de pessoas e transporte de mercadorias, fundamentais para a competitividade e coesão do tecido empresarial do concelho», salientando que estas estradas de ligação entre concelhos são fundamentais ao desenvolvimento da região.

Siga-nos no twitter

Úteis

O Meu Jornal

Notícias Relacionadas

Subscreva as nossas noticias via RSS

Produzido por ardina.com  
© Porta da Estrela - Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Email do Porta da Estrela: geral@portadaestrela.com.
  Topo